Terá direito a uma compensação pecuniária extraordinária, no valor de 55% do seu ordenado base mensal auferido a 31 de
Dezembro de 2011.

A referida compensação, será paga de uma só vez, no período compreendido entre o dia 23 de Dezembro de 2011 e 30 de Abril de 2012.

O pagamento poderá ser feito, por decisão do empregador, sob a forma de seguro ou operação de capitalização, com garantia de capital, resgatável pelo trabalhador decorrido o prazo de 90 dias sem penalização de resgate.

Esta cláusula resultou de um processo de negociação sério do STAS em prol dos Trabalhadores.

O CCT é aplicado obrigatoriamente aos Associados dos Sindicatos subscritores.

Os não sindicalizados poderão ser abrangidos pela totalidade do novo CCT se as respetivas entidades patronais assim o decidirem.

Em caso de litígio judicial, só os trabalhadores sindicalizados poderão evocar a aplicabilidade do CCT.

Sindicalize-se!

O STAS é o melhor seguro para a sua vida profissional!